terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Bolo de Farinha de alfarroba / Bolo Cenoura

Fiz este bolo de aniversário para uma amiga.
Um bolo diferente do que se costuma comer mas estava bom na mesma.
Foram feitos 2 bolos diferentes sem gorduras.


Para bolo farinha de alfarroba:

1 copo (uso médio) de farinha de alfarroba
3 Ovos (separar claras das gemas)
1 copo de farinha de trigo
2 c. Sopa de chocolate em pó
2 copos a açúcar
1 courgete ralada
1 C. Chá fermento

Na batedeira bater as claras em castelo e reservar.
Bater as gemas com o açúcar até obter uma massa esbranquiçada, colocar a courgete ralada sempre a bater, juntar as farinhas e o chocolate.
Com uma colher de pau envolver as claras em castelo.
Colocar numa forma (usei de silicone por isso dispensa gorduras), levar ao forno cerca de 50 minutos a 230º, tapar com uma folha de papel de alumínio se vir que está a queimar e fazer o teste do palito para verificar se está cozido.

Para o Bolo de cenoura:

2 copos de farinha de trigo
2 copos de açúcar
2 cenouras raladas
3 Ovos
1 C. Chá fermento

Na batedeira bater os ovos inteiros com o açúcar até formar uma massa esbranquiçada, juntar as cenouras raladas e por fim a farinha e o fermento, bater bem até estar unida.
Colocar numa forma de silicone e levar ao forno cerca de 50 minutos a 230º verificar sempre fazendo o teste do palito para ter a certeza que está cozido, tapar com uma folha de alumínio caso se verifique que está a queimar por cima.

Para a cobertura e recheio:

500 Grs de queijo quark 0% gordura
2 iogurtes gregos
2 C. Sopa de açúcar (mas é melhor ir provando...)

Bater até formar "tipo" chamtily, barrar no meio dos bolos ( se achar que estão muito altos cortar ao meio cada um, um não achei muito altos por isso só coloquei no meio dos dois).
Barrar o bolo com esta cobertura e enfeitar conforme desejar. (eu enfeitei com topping de morango)

Não tenho foto de uma fatia com muita pena minha mas, não podia cortar antes de entregar certo????

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito.








Mimos de Pescada Gratinados com legumes



Bem aqui fica uma sugestão para uma refeição rápida e saborosa.

Ingredientes:

1 Embalagem de mimos de pescada Pescanova
1 Berettaba Ralada
2 Cenouras Raladas
1 Courgete Ralada
Batatas cortadas aos cubos Q.B.
2 Embalagens que molho bechamel (usei Parmalat)
Azeite Q.B
Alho picado Q.B
Cebola Picada Q.B.
Paprika Q.B
Alecrim Q.B
Sal Q.B
1 folha de louro
Sumo de Limão Q.B.
Vinho branco Q.B.
Queijo ralado Q.B.

Modo de preparação:

Temperar os mimos de pescada com um pouco de sumo de limão.
Lavar e descascar as batatas, cortar em cubos, colocar num pirex.
Temperar as batatas com sal, azeite, paprika, alho picado e um bocadinho de vinho, mexer, levar ao microondas cerca de 15 minutos (dependa da quantidade e da potência do mesmo) fazer o teste com um garfo para ver se já estão cozidas.
Numa frigideira levar ao lume cebola picada com azeite e alho, deixar refogar durante uns minutos.
Lavar muito bem os vegetais (eu coloco as cenouras e a courgete com casca, mas se preferirem podem descascar), descascar a beterraba, ralar todos os legumes.
Colocar os vegetais na frigideira e deixar cozinhar um pouco.
Assim que as batatas estiverem cozidas, colocar em cima uma cama de vegetais e depois a pescada já temperada com sumo de limão.
Numa tigela despejar os pacotes de molho bechámel e mexer com uma vara de arames (eu costumo colocar um pouco de leite para não estar tão espesso).
Despejar o molho béchamel no pirex em cima dos mimos de pescada.
Polvilhar com queijo ralado, levar ao forno para gratinar até ficar dourado.
Servir quente.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito.








terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Bolo do Amor







Bem aqui vou vos contar uma história... para se rirem um pouco, sim rir faz bem, e quando é com a "desgraça" dos outros ainda sabe melhor, como já me consigo rir já vos posso contar.
Há dias que mais valíamos estar quietos certo? Já todos tiveram dias desses, mas, eu quando me começa a correr mal ainda me esforço mais para fazer o contrário, e, no fim tudo fica bem.

Fiz um bolo para celebrar o dia dos namorados e... pronto confesso valeu os produtos de qualidade se não nem sei que faria.

Tinha idealizado uma maneira diferente, fazer um bolo de chocolate com recheio de morango, coberto de natas e decorado com morangos e... pétalas de rosa.

Bom fiz o bolo (não como dizia a embalagem, porque me esqueci dos ovos, sim, só me lembrei já o bolo estava meio cozido, parecia mousse)

Quando fui fazer o teste do palito... vi que ainda estava cru e que já estava a queimar em cima, mas estava tão bonito que decidi tirar uma foto, pronto, assim que peguei no telemóvel este caiu dentro do bolo que estava mal cozido, ficou todo sujo mas não se estragou.



Coloquei a cozer durante mais algum tempo, foi quando dei conta da falta de ovos, e já decidida a comer "bolo mousse" deixei mais um tempinho de desliguei.

Pronto depois de apresentar a "trapalhada" cá vai a receita.

Bolo do amor

Ingredientes

1 embalagem de dulcis bolo de chocolate
3 dl leite (primeiramente usei 2,5 dl mas achei que estava muito massudo a comparar com a outra vez que tinha feito)
2 dl óleo (primeiramente usei 1,5 dl pela mesma razão aumentei, sempre sem me lembrar dos ovos)
100 Grs natas vegetais Dulcis
3 c. Sopa de açúcar fino

Morangos q.b.

Açúcar vermelho q.b.

Para cristalizar as pétalas;
Pétalas de rosa
1 clara de ovo
3 colheres de sopa açúcar

Lavar bem as pétalas de rosa em água corrente e com muito cuidado, numa tigela bater a clara com o açúcar ate ficar esbranquiçado, com um pincel dar nas pétalas e deixar secar.

Modo de preparação do bolo:

Colocar na batedeira eléctrica a embalagem de preparado de bolo de chocolate da dulcis, com o óleo e com o leite.

Bater durante cerca de 5 minutos até ficar tudo bem ligado.

Colocar numa forma forrada de papel vegetal, levar ao forno cerca de 40 minutos a 230º, tapar com folha de alumínio se estiver a queimar a superfície, fazer o teste do palito caso ainda não esteja cozido colocar mais 20 minutos a 190º. (foi o tempo que usei)

Numa taça bater as natas vegetais dulcis com as colheres de açúcar até estas montarem.

Deixar o bolo arrefecer e barrar com as natas, nas laterais do bolo colocar morangos laminados, e em cima coloquei pétalas de rosa cristalizadas e polvilhar com o açúcar vermelho ou simplesmente enfeitar a gosto.


O bolo ficou fantástico, super fofo e nem se notou a falta dos ovos, são mesmo produtos fantásticos.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom Proveito






segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Cake Pops



Aqui fica o meu testemunho tentei.....
Tinham-me oferecido umas madalenas de limão, foi o que utilizei.
Pedi ajuda para saber que sabores combinavam com o limão, além de várias dicas que recebi, todas fantásticas das quais tirei algumas ideias, a Márcia Patricio do blog    indicou-me doce de morango, (achei super estranho morango com limão, mas decidi arriscar com duas madalenas) mas avisou-me que por vezes para cake pops que têm de ficar bastante rijos para se aguentarem no palito, nem sempre o doce resulta por isso o uso de ganache, na maior parte das receitas. Bem experimentei, o sabor ficou fantástico mas não se aguentaram.
No dia seguinte estavam todos no chão a pedir para serem comidos assim mesmo.
Depois decidi experimentar com ganache de chocolate branco, coloquei um pouco de chocolate num tacho e muito pouco de natas, deixei ferver e juntei as madalenas já esfareladas. (não sei medidas foi tudo a olho).
Pronto moldei as bolas, com um palito fiz um buraco para mais tarde colocar o chocolate e colar o palito, coloquei no frio, para solidificar um pouco.  Derreti um pouco de chocolate (só chocolate) e coloquei no buraco que tinha feito para colar direitinho o palito. 
Ficaram presos e estava tudo a correr lindamente quando..... (lembram-se de ter pedido opiniões, pois várias foram com merengue) decidi que havia de bater uma clara em castelo com um pouco de açúcar e colocar em volta dos cake pops, depois com um maçarico queimar um pouco.
Bem a ideia era genial mas... não sou assim tão experiente e lá vai asneira outra vez...
1º a minha rica cadela roeu o saco de pasteleiro, (como estava a fazer para a festa de anos da minha menina, não consegui comprar outro a tempo) mas, desenrasquei-me colocando à mão em volta deles, 2º o marido que usa o maçarico (passo a explicar não é um maçarico qualquer é mesmo daqueles enormes... não são próprios para a culinária mas queimam da mesma maneira, como podem ver na receita de leite creme) não pode fazer, resolvi colocar no forno na posição do grill só para queimar um pouco. 
Na grelha do forno coloquei papel de alumínio que furei com o palito e deixei o merengue a volta na parte de cima para dourar, errado, derreteu o chocolate que suportava o bolo então tive de esperar que solidificasse de novo para poder colocar no frigorífico e ficaram com estas formas horrorosas, mas comeu-se tudo garanto.

Como não fiz em todos... (claro colocar merengue á mão dá mesmo muito trabalho e fica horroroso) os que sobraram fiz com chocolate de laranja, limao e morango com algumas missangas de chocolate.
A parte mais facil foi como tiveram dois dias no frio estavam excelentes...
Espero q gostem e se inspirem.
Bom proveito.