quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Borrachoes

Receita de uma menina muito querida Cristina Alves, deliciei-me com a saudade que tenho só como uma vez por ano quando vou á terra.
E afinal é super fácil de fazer......

Ingredientes 
125 ml de aguardente 125 ml de vinho branco 200 gr de açúcar 250 ml de azeite 750 gr de farinha Canela para polvilhar Ovo para pincelar Preparação Juntar o vinho e a aguardente num recipiente fundo Colocar a farinha, o açúcar e fazer um buraco no meio onde se coloca o azeite. Envolver lentamente a farinha até obter um preparado homogeneo. Deixar repousar 30 minutos. Pincelar com ovo e polvilhar com canela.
Levar ao forno cerca de 20 minutos a 200º

Obs: estes ficaram muito finos pois não tinha a certeza se cresciam então deixei mais finos agora que já sei é para deixar grossos.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom Proveito

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Bolas de Berlim


Receita retirada aqui


Ingredientes:

350 g de farinha
70 g de açúcar
1 pitada de sal fino
100 ml de leite morno
1 pacote de fermento de padeiro em pó usei da fermipan 
70g de manteiga usei liquida
2 ovos
1 colher (de chá) de açúcar baunilhado

600 g de creme pasteleiro da dulcis


Preparação:
- Dissolva o fermento no leite morno. À parte, misture a farinha com o açúcar, o sal, o açúcar baunilhado, a manteiga e os ovos;
- amasse bem até a massa se despegar das mãos. Cubra com um pano e reserve em local quente, até atingir quase o dobro do volume (uma a duas horas);
- Tenda a massa em forma de rolo e corte em dez partes iguais. Dê-lhes a forma de bola e disponha num tabuleiro forrado com papel vegetal, separadas entre si. Cubra com um pano e deixe levedar em local quente, até atingirem quase o dobro do volume (cerca de uma hora);
- Por fim, frite as bolas em óleo quente, até ficarem douradas. Escorra sobre papel absorvente e, ainda quentes, passe-as por açúcar;
- Deixe arrefecer e, com uma tesoura, faça um corte em cada uma. recheie com o dulcicreme pasteleiro.

Espero que gostem e se inspirem

Bom proveito



Pão


Como sabem ganhei pelo natal muito mais que um processador de alimentos, o que inicialmente tinha pedido, e este meu robot amassa pão.... (claro que demorei a perceber porque aquele livro de instruções... além de outras coisa que vou descobrindo) bem, avancemos, quer dizer que toda a família anda nas nuvens pois adoram pão quentinho, e, eu adoro colocar a maquina a trabalhar, então faço sempre assim:

500 Grs farinha
1 Pacote de fermento de padeiro da fermipan
300 ml de água (tento sempre aquecer um pouco)

Coloco tudo na máquina e amassa depois, tapo com um pano cerca de 2 horas, retiro bocados e faço bolas, coloco no forno a 230º cerca de 40 minutos.

Agora além de já não ser preciso comprar pão, este é bem quentinho, não sobra nada e é muito mais compacto que o de compra, ehehhe

Obrigado mãe por esta prenda fabulosa.








Doce de Gila



Tive a ajuda de http://www.sobremesasdedomingo.com/ teria sido impossivem a realização deste primeiro doce que fiz, e de gila algo que nunca tinha visto.

Bem deu muito, mas muito trabalho, e leva muito mas muito tempo, mas ficou fantástico.

Obrigado Maria pela abóboras e por todas as explicações sem isso tinha sido impossivel.

Cá vai,


  1. Arranjar abóbora gila
  2. Manda a abóbora ao chão para esta abrir (nunca mas nunca usar uma faca)
  3. Retirar a chamada espinha sempre com as mãos e as sementes (uma coisa mais amarelada que os fios tem mesmo forma de espinha se bem que ao principio foi dificil descobrir o que falavam até ter conseguido ver uma)
  4. Colocar em bocados mais pequenos num alguidar de um dia para o outro porque tem muita espuma uma forma de lavar bem
  5. No dia seguinte escorrer e colocar numa panela os bocados com água e uma pitada de sal e deixar cozer cerca de 15 minutos (sim colocar com a casca porque não se pode usar facas e, depois de cozida já se consegue descascar ehehe) fiz duas panelas grandes (as maiores que tenho) para uma única abóbora.
  6. Assim que ficar mais morna e já se conseguir colocar as mãos, descasca-se ela sai toda em fiois alguns mais colados que outros, mas sai muito bem.
  7. Para cerca de 1200Kg (quanto pesava a abóbora depois de descascada) eu usei 800Grs de açúcar por cada kg e usei 1 litro de água para todo o peso da abóbora, (mas eu sou gulosa a Maria recomendou 750 grs de açúcar por kg e 900 dl de água para uma abóbora)
  8. Colocar o açúcar e a água ao lume e anis (coloquei 5 estrelas de anis, preferi ao pau de canela mas isso são preferências)
  9. Deixar ferver até formar o ponto pérola (eu sei Maria desculpa explicaste muito bem, mas eu não consigo por nada saber os pontos, então deixei ferver cerca de 15 minutos, antes de começar a ganhar a cor do caramelo)
  10. Colocar a gila dentro do açúcar e mexer, deixar cozer cerca de 20 minutos.
  11. Esterelizar os frascos
  12. Retirar o doce ainda quente para os frasco, tapar e virar para baixo.
  13. Pronto a servir e a utilizar nas mais diversas receitas.
Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito







Coq Au Vin



Receita retirada do livro 1000 Sabores do mundo

Ingredientes:

1 Frango cortado em pedaços
Sal, Pimenta q.b.
1/2 Chávena de chá de margarina
2 fatias de bacon
2 cebolas picadas
2 dentes de alho cortados em laminas
2 chávenas de vinho tinto
1 folha de louro
1 chávena de cogumelos laminados
1 C. Chá tomilho
1 C. Chá salsa
1/2 chávena de água
1 chávena de natas

Para panar:
Farinha q.b

Preparação:

Tempere o frango com sal e pimenta e pane na farinha.
Aqueça a margarina numa panela e aloure o frango. Retire-o da panela, refogue na mesma gordura o Bacon picado, a cebola, o alho, o vinho, a água, o louro e as ervas.
Volte a colocar o frango e deixe cozinhar até este ficar tenro.
Retire-o e coloque numa travessa. Coe o caldo, coloque novamente na panela e acrescente as natas.
Aqueça ligeiramente e cobra o frango com esse molho.
Servir de imediato.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito

Farofias saudáveis

Esta farófias foram todas muito rápidamente, usei uma técnica que vi aqui fiz as farófias no microondas conforme explica a receita,
Ingredientes:

10 Claras (usei um pacote inteiro dos pequenos)
10 colheres de açúcar mascavado com stévia da sidul

Bater claras com açúcar até virar a tigela e não cair, colocar colheradas no microondas cerca de 1 minuto (o meu foi esse tempo) e fazer este passo até acabarem as claras.

Para o creme fiz exatamente como a Luisa aqui mas não coloquei a laranja e em vez de açúcar coloquei o stévia.

Ingredientes:
1 l. de Leite
90 gr. de Stévia
60 gr. de Farinha Maizena 
2 Ovos
2 Gemas
Canela em pó 

Preparação:

Num tacho leve o leite ao lume, deixe ferver. 
Retire do lume  coe o leite com um passador de rede. 
Num outro tacho, misture o stévia com a farinha maizena. 
Junte o leite, e os ovos batidos com as gemas.
Cozinhe em lume brando, mexendo sempre com uma vara de arames, até espessar.
Ficou mesmo bom.

Obrigado Luisa pelas partilhas.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito 


Sonhos

Retirei esta receita aqui.
Adorei espero que também gostem são uma delicia e super gulosos, nem deu tempo para fazer uma calda, tive de repetir a receita porque devoraram tudo...

Ingredientes:

250 ml de água
2 tiras de casca de limão
1 pau de canela 

1 pitada de sal
1 c. sopa de açúcar
75 g de manteiga
160 g de farinha trigo
1 c. de chá, de fermento em pó
4 ovos

Modo de preparação:
Leve a água ao lume com as cascas de limão e o sal. 
Quando começar a ferver, retire as cascas de limão adicione a manteiga e mexa até esta derreter.
Retire do lume e misture de uma só vez,a farinha. 
Mexa energicamente com a colher de pau até a massa formar uma bola e se soltar das paredes do tacho. 
Junte os ovos um a um e vá mexendo bem até estes ficarem bem envolvidos na massa. 
Deixe repousar por uns instantes.
Numa frigideira com óleo bem quente, vá colocando colheradas de massa. 
Esteja atenta e vá virando, até que os sonhos fiquem dourados (eles vão rebentando aos poucos e aumentado de tamanho, por isso não coloque muitos na frigideira ao mesmo tempo)
Vá colocando os sonhos sobre papel absorvente e depois de arrefecerem um pouco, envolva-os em açúcar e canela.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito


pavlova de natal


Quis surpreender os convidados com uma sobremesa vistosa, mas como quis também fazer doces com poucas calorias....

10 claras (usei um pacote dos pequenos)
10 colheres de sopa de açúcar mascavado com stevia
2 colheres se sopa de maisena
2 colheres de sopa de vinagre

Para recheio

Usei 250 grs de mascarpone
1 iogurte natural
3 colheres de sopa de açúcar mascavado com stevia
Framboesa q.b
Amoras q.b
Fios de ovos de compra q.b.
Toping morango Dulcis


Bater as claras em castelo firme, acrescentar 1 a 1 as colheres de açúcar sempre batendo, colocar as colheres de maisena e por fim o vinagre, continuar a bater até obter um creme brilhante e consistente.

Colocar nu tabuleiro com papel vegetal e fazer a forma que desejarem (a minha ficou um pouco oval mas era mesmo assim), tentando sempre fazer um "buraco" mais fundo no centro, para a colocação do recheio.

Levar ao forno a 150º cerca de 1h30 minutos, deixar arrefecer ainda dentro do forno (é sempre a última coisa do dia que faço, para ficar até de manhã no forno)

Bater o mascarpone com o iogurte e o açúcar até ficar consistente (tipo natas em chantily), deitar no centro da pavlova e enfeitar com as frutas a gosto.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito


terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Azevias no forno com doce de ovos e gila


Receita da massa retirada do blog aqui com algumas alterações e o recheio fiz a "olhometro" com doce de ovos e doce de chila feito por mim :)

Ingredientes:

Para a massa

500g de farinha de trigo tipo 55
3 c. sopa azeite, 
2 ovos tamanho 
1 c. sopa de açúcar 
2 dl de água (não coloquei toda)

Para Recheio

Doce de chila q.b
Doce de ovos q.b. (usei de compra da sodifer)
Juntar a gosto

Coloque a farinha em monte numa mesa, abra uma cavidade no centro e coloque aí as colheres de azeite, os ovos e o açúcar. 
Adicione a água aos poucos até que obtenha uma massa bastante homogénea e maleável.
Se necessário, regue com mais um pouco de água para que a massa fique bastante moldável.
Estenda a massa sobre a mesa polvilhada com farinha e com o rolo da massa estique até achar que está com uma grossura boa (não consigo dizer centimentros mas o mais fino que consegui).
Com a ajuda de um copo ou um cortante, corte pedaços redondos, e, no centro destes coloque uma colher de chá do recheio, feche e com as mão carreguem bem nas pontas para não se abrir enquanto coze.
Pincelar com gemas de ovo e coloque as azevias num tabuleiro com papel vegetal no forno já aquecido e deixe que fiquem douradinhas.
Espero que gostem e se inspirem.
Bom proveito






Broas Tipo Castelares



Receita retirada aqui mas fiz algumas alterações

Ingredientes:

700 gr de puré de batata doce
100 gr Farinha de trigo
5 gemas
1 colher de sobremesa de canela
295 gr de farinha de milho
2 dl de água
500 gr de açúcar
2 gemas de ovo para pincelar


Levar ao lume a água e o açúcar até fazer ponto de pérola + ou - 8 a 10 minutos. 
Junte o puré da batata doce e envolva bem com o açúcar. 
De seguida junte as farinhas já misturadas e a canela em pó, envolva bem nessa mistura de forma a ficar uma massa uniforme.
Antes de retirar do lume junte as gemas, mexa novamente e retire deixando arrefecer completamente (deixei de um dia para o outro, coloquei em película aderente e no frigorífico)
Com duas colheres de sopa fazer pequenos bolinhos (como os pasteis de bacalhau) dando assim a forma de broas.
Colocar num tabuleiro com papel vegetal e pincelar com as 2 gemas de ovos  e deixe cozer até dourar no forno +/-  25 minutos e a 180º, não esquecer de verificar, ficam um pouco moles mas são deliciosas.

A alteração que fiz foi a farinha de amêndoa , como não gosto substitui por milho e trigo em iguais proporções, ficou divino, adorei. Mais uma vez muito obrigado pelas partilhas, fazem-nos crescer e adaptar aos nossos gostos.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito


.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Filhoses de beira baixa


Retirei esta fantástica receita aqui.

Tenho a dizer adorei há muito tempo que tento fazer estas filhoses que são uma réplica das que a minha avó fazia todos os anos, e infelizmente não me deixou a receita, por isso todos os anos experimento diferentes, mas esta não vou esquecer porque a nível de sabor são a réplica perfeita.
Obrigado mais uma vez pelas partilhas.


Ingredientes:

500 g farinha sem fermento tipo 55
1 laranja (sumo e raspa)
1 dl aguardente
4 ovos
0,5 dl de leite morno
40 g fermento de padeiro (usei da fermipan em pó uma embalagem de 11 grs)
1 pitada de sal
1 colher sopa açúcar

Preparação:


Numa tigela juntar o leite, os ovos, aguardente, sumo da laranja, bater levemente.

Em cima da mesa colocar a farinha, o fermento, o açúcar, sal, e a raspa da laranja, formar um monte e fazer um buraco no meio para colocar os líquidos e amassar muito bem .





Obs: Caso usei fermento de padeiro convém dissolve-lo no leite morno e assim juntar aos líquidos.


Depois de bem amassado quando a massa de desprender das mãos, formar uma bola e colocar num alguidar tapado, num sitio "quente" durante cerca de 2 horas até fermentar e a massa ficar do dobro do tamanho.


Em seguida frite em óleo quente (um truque para saber se o óleo está pronto e colocar um palito lá dentro, assim que este vier ao de cima está no ponto de começar a fritar), retire pedaços de massa, de preferência com as mãos untadas com óleo, estique-os com os dedos e frite-os até ficarem lourinhos, assim que colocar os bocados de massa em óleo com a ajuda da concha da sopa, pressione um pouco o centro até as extremidades subirem um pouco, para formar aquela "covinha" que a filhós tem.

Retire do óleo assim que estiverem douradinhas com a ajuda de uma espumadeira e coloque num prato com papel absorvente.

Assim que conseguir coloque açúcar e canela em cima.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom Proveito






Bolo Gila

Fiz a massa tal e qual aqui, excepto a fruta cristalizada, neste só juntei os frutos secos,  mas na altura de formar o bolo fiz dois rectângulos e no meio de um coloquei doce de gila misturado com doce de ovos (as partes que acharem bem) e coloquei o outro rectângulo em cima, juntei as duas pontas formando o bolo com um buraco no centro, não enfeitem com nada simplesmente pincelei com gema de ovo.
Tentei juntar bem as partes para o doce não sair para fora enquanto estivesse a cozer mas foi em vão, saiu... ficou maravilhoso uma forma diferente de comer este tipo de bolos.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom Proveito

Bolo Rei

Receita do blog Jovens donas de casa

Já tinha feito um que retirei aqui mas ficou muito rijo, super saboroso mas muito rijo, tinha que voltar a fazer mesmo sem saber ao certo o que teria sido, saber até desconfiava, mas... é que como nunca tinha feito fiz como dizia, mas não sabia qual o aspecto da massa então perguntei a Alexandra que me indicou um video aqui o qual depois fui ver com muita atenção, (uma boas vezes...), mas já tinha a massa a fermentar quando percebi que faltava farinha pois estava muito mole, e, no meio da fermentação fui mexer... ERRADO logo não fermentou e ficou rijo.
Desta vez depois de verificar o video várias vezes fiz igualzinho e... já não ficou rijo, o sabor há muito que não me lembro de comer um bolo rei tão bom..

Ingredientes: 
500 g farinha
3 ovos (tamanho L)
100 g açúcar
100 g de manteiga derretida
30 g de fermento padeiro (usei 1 saqueta da fermipan da sodifer
0,5 dl de leite morno
 ½ cálice de aguardente
raspa de 1 laranja
1 colher (café) sal fino
frutas cristalizadas q.b.
frutos secos q.b.
frutas cristalizadas para decorar
1 gema de ovo para pincelar.

Preparação:

Numa tigela junte os ovos batidos, a manteiga derretida (cuidado não pode estar quente para não cozer os ovos), o leite morno e a aguardente.

Em cima da mesa coloque a farinha, açúcar e a raspa da laranja, fazendo um buraco no centro.
Deitar a taça dos liquidos em cima dos sólidos e amassar com muito cuidado, amassar bem, (aconselho a ver o video antes para ser ter uma noção de como a massa fica)
Ao fim de estar tudo bem envolvido, adicione as frutas e continue a amassar até que a massa comece a desprender das mãos.
Faça uma bola com a massa e coloque-a num alguidar tapado e num local quente para que fermente ou seja que dobre o volume, cerca de 2 horas.
Quando a massa dobrar o seu volume, retire e faça a forma do bolo rei com um buraco no meio, já no tabuleiro forrado com papel vegetal, pincele com a gema de ovo e enfeite a gosto com frutas cristalizadas e bocados de açúcar.
Deixe levedar novamente cerca de 15 minutos, pode clocar já no forno mas mão acenda ainda.
Leve-os ao forno (180º) aproximadamente 40 minutos, atenção verificar sempre cada frono tem o seu tempo de cuzedura, o teste do palito é sempre o melhor.


Espero que gostem e se inspirem.


Bom proveito










Bombons


Com a qualidade dos produtos da Dulcis e da Sodifer, não tem como falhar...
Usei as fantásticas formas de silicone que comprei no Deborla.

Bombons de chocolate de morango sodifer com recheio de morango da dulcis.






Bombons de chocolate de limão sodifer com recheio de creme de limão da dulcis.






Bombons de chocolate de pistacho sodifer com recheio de nuvem de melancia (fiz uma nuvem de melancia com gelatina de melancia e claras e sobrou usei as sobras aqui).




Bombons de chocolate de laranja sodifer com recheio de morango da dulcis.





Bombons de chocolate negro sodifer com crocante de banana (triturei banana desidratada e misturei no chocolate)





Bombons de chocolate branco Sodifer com recheio de ananás cristalizado.


Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito




Bolo de Bolacha da Dulcis


Coisa mais fácil não existe, e mais saboroso... todos queriam a receita do creme ahahaha, eu só mostrei a embalagem.

2 Pacotes de bolachas de canela
1 café bem cheio da máquina
200 grs de creme para bolo de bolacha da dulcis.
400 Grs de natas vegetais da dulcis.

Bater as natas vegetais um pouco, acrescentar o creme e bater novamente.
Passar as bolachas por café e colocar na travessa de servir, barrar com o creme.
Repetir esta fase até acabarem as bolachas, em ultimo colocar o creme.
Para enfeitar usei toping caramelo da dulcis.

Tenho a dizer que foi super rápido, foi mais rápido a sair da mesa que a fazer ahahaha.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom Proveito