terça-feira, 25 de abril de 2017

Couscus Doce



Mais um desfio superado.

Desta vez foi o mês do blog O Cantinho da bela, retirei de lá esta preciosidade, testada, provada e aprovadissima, uma maneira diferente de comer couscous, nós por cá adorámos.

Bem fiz umas alterações pois queria facilitar a minha vida, não é que a receita fosse difícil nada disso como podem verificar aqui mas, quando estou a cozinhar nem sempre consigo estar concentrada e fazer tudo direito, desta foi mais uma vez que isso aconteceu, e daí já não sabia o que tinha colocado a certa altura, resolvi fazer por minha conta e risco, mas ficou bastante cremoso como gostamos por estes lados.

Cá vai a receita:

Ingredientes:
1 litro de leite 
1 casca de limão
1 pau de canela
2 colheres (sopa) de manteiga (esqueci)
130 grs de couscous (só tinha 100 grs)
1 lata de leite condensado 
 (esqueci, substitui por 100 grs de açúcar)
4 claras 
 (esqueci, substitui por 200 grs de gemas)
sal q.b. 
 (esqueci)

Para o creme: (não fiz)
4 gemas 
4 colheres (sopa) de açúcar
8 colheres (sopa) de leite 
canela em pó para polvilhar


Preparação:

Ferva o leite com a casca de limão, e o pau de canela; desligue o lume. Junte os couscous ao leite e mexa. Tape e deixe em repouso durante uma hora.  aqui ficou bem mais tempo e quando fui ver ainda havia muito leite que não tinha sido absorvido, talvez devido á quantidade de couscous que usei, por isso aqui começaram as alterações.
Decidi que não precisava de leite condensado e então coloquei o açúcar e as gemas, levei ao lume mais uns minutos para engrossar e retirei, colocando num pirex e polvilhando com canela.

Na minha opinião acho que a receita original ficaria bem mais fofo devido as claras em castelo mas o meu também ficou divino, para uma próxima que me deixem sozinha na cozinha talvez consiga fazer a receita tal e qual.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Risoto Simples


E sai mais uma receita de Risoto, desde que provei que adorei... e então este arroz especial da Bom Sucesso ainda melhor.

Este Risotto é muito simples não leva nada de especial, além do queijo que é tipico do risotto.

Cá vai:

Ingredientes:

200 grs arroz para Risotto da Bom Sucesso
700 ml de Caldo de carne ou galinha (eu coloco a água no microondas com um caldo knorr natura e uso assim)
1 colher sopa azeite
1 cebola média picada fininho
Sal,pimenta q.b.
2 dentes de alho picados
1/2 dl de vinho branco
Queijo ralado (usei mozarella)
Margarina

Modo de preparação:

Modo de preparação:

Coloca-se o azeite, cebola, alho, deixa-se refogar um pouquinho, depois deita-se o arroz e fritasse um pouco, em seguida coloca-se o vinho branco e deixa-se evaporar e vai-se deitando conchas do caldo não colocar de uma vez só vez, ir colocando conforme vai evaporando para não ficar com água a mais, rectifica-se o tempero com sal e pimenta caso falte,
Ir experimentando o arroz para ver quando está cozido all dente  não é para ficar cozido demais.
Retirar do lume e espalhar o queijo ralado e a margarina envolver bem e servir de imediato.
Eu enfeitei com salsa.

Uma refeição excelente para acompanhar carne e peixe.

Obrigado Bom Sucesso, pela parceria e pela qualidade dos produtos.





domingo, 9 de abril de 2017

Sobremesa de Bolacha com creme




Vi esta sobremesa na internet, decidi fazer mas fiz um acrescento, passei as bolachas por café, e não só coloquei mais bolachas, mas, depressa me arrependi quando estava a comer porque ficou muito massudo.
Mas vamos lá.

Ingredientes:

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 litro de leite
  • 4 colheres de maisena
  • 2 Pacotes de Bolachas tipo Maria (acho melhor colocarem só 1 e usei torradas)
  • Café forte (para passar as bolachas)
  • Tablete de chocolate
  • Amendoim crocante

Modo de preparação:

Num tacho colocar o leite (reservar um pouco para diluir a maisena) e o leite condensado.

Assim que levantar fervura colocar a maisena já dissolvida e mexer, até que engrosse um pouco (atenção não deixar engrossar demais que foi o que me aconteceu), se ficar com alguns grumos passar a varinha mágica.

Passar as bolachas pelo café e colocar uma camada num pirex ou numa forma, em cima colocar o creme e assim por diante até acabarem os ingredientes, terminar com uma camada de creme.

Partir o chocolate em pedaços e levar ao microondas alguns segundos até este estar derretido, abrir de vez enquanto e ir mexendo para que fique derretido e liso.

Colocar o chocolate em cima do creme e enfeitar com amendoins crocantes ou com o que deseja.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito. 








sexta-feira, 7 de abril de 2017

Bolo Japonês com glacagem



Este menino foi feito para o aniversário da mãe. Retirei a receita Aqui neste blog fantástico onde costumo retirar muitas receitas sempre que estou sem ideias.

Mas para ficar diferente e porque não sou uma desistente, fiz glaçagem, outra vez, e claro como foi a segunda ainda não ficou direito, mas com o tempo vou lá.

Aqui fica a receita para se deliciarem, fica um bolo muito fofo, esponjoso e delicioso, espero que se divirtam tanto como eu.

Ingredientes Bolo 
  • 6 gemas 
  • 30 g de açúcar 
  • 60 ml de leite 
  • 50 g de óleo 
  • 1 colher (chá) de extracto de baunilha 
  • 45 g de farinha de trigo fina 
  • 45 g de amido de milho 
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 6 claras 
  • 1 pitada de sal
  • 90 g de açúcar

Ingredientes para recheio e cobertura

  • 1 Pacote de natas
  • 4 C. Sopa de Açúcar

Ingredientes para o espelho ou Glaçagem:

10 Grs Gelatina em pó neutra
120 Ml água
150 Gr Xarope de glucose
150 Grs açúcar
75 ml Água
100 Ml Leite Condensado
150 Grs de chocolate Branco (no meu caso usei um chocolate rosa que tem um ligeiro sabor a morango, porque o corante que usei era vermelho logo ficava bem e deu um toque um pouco diferente)

MODO DE PREPARAÇÃO:
Bolo 
  • Pré-aqueça o forno a 170 ºC. 
  • Forre um tabuleiro papel vegetal (não é necessário untar)
  • Numa taça grande, junte as gemas com os 30 g de açúcar e bata ligeiramente com a vara de arames. 
  • Adicione o leite, o óleo e a baunilha e mexa até ficar homogéneo. 
  • Incorpore a farinha com o amido de milho e o fermento peneirados. 
  • Noutra taça bem limpa, bata as claras com o sal.
  • Envolva as claras delicadamente com uma espátula na mistura de gemas até ficar homogéneo. 
  • Leve ao forno - 150 ºC - durante 30 minutos. 
  • Retire do forno, desenforme e deixe arrefecer por completo em cima de uma grade.
  • Este bolo fica muito fofo e é um pouco difícil de cortar, por isso aconselho como me aconselharam a mim a fazer dois bolos separados ou colocar a massa em duas formas iguais. 

MODO DE PREPARAÇÃO:
recheio e cobertura

Bater bem tipo chamtily, colocar em cima de um bolo e rechear com um pouco, em seguida colocar o outro por cima, misturar um pouco de frutas cortadas em pedaços se assim desejar.
Com o restante "chantily" cobrir o bolo todo o mais liso que conseguir.
Levar o bolo ao congelador para que a cobertura fique gelada, pois é essa diferença de temperaturas que vai fazer com que a glaçagem fique perfeita.


MODO DE PREPARAÇÃO:
para o espelho ou Glaçagem:

Hidratar a gelatina em 120 ml de água, reservar.
Levar ao lume a glucose, o açúcar e 75 ml água até ferver, juntar o leite condensado e deixar mais uns minutos para ficar bem ligado, apagar o lume, juntar a gelatina mexer até esta estar derretida, juntar o chocolate partido em pedaços (o meu eram discos), mexer até estar tudo derretido, juntar o corante a gosto e bater com a varinha mágica para não ficar com ar.

Deixar arrefecer até uma temperatura de 32º a 35º, (esta é a parte mais importante ) se colocar a glaçagem muito quente derrete o gelado e não fica no sitio, quem não tem termómetro é quando estiver morno ao toque como o leite dos bebés.

Retirar do congelador o bolo e colocar em cima de uma rede ou em cima de um copo e no local de trabalho colocar película aderente para poder aproveitar o resto que escorre da glaçagem, deitar a glaçagem em cima, ela escorre sozinha.





Em cima coloquei amendoins crocantes que ainda tinha num pacote, não consegui enfeitar muito porque não ficou brilhante e bonito.

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Bolo aniversário filipe


Uma menina muiiiiito querida e amiga, que me ajuda sempre que peço, a minha salvadora.

O meu marido faz anos dia 25 de Dezembro (sim esteve este sol que se vê na foto), este ano passado (2016) fomos passar na terra, sim já vos falei várias vezes da terra, casa de campo em que a cozinha e a casa de banho fica no quintal, coisas mínimas na cozinha (quase nada, porque são só duas pessoas que lá vivem, os sogros, e não costumam fazer muitas coisas) já é muito bom o forno funcionar, mas se me esqueço de algum ingrediente....ui passo as passas do Algarve, não há mercearias e o super mais perto fica a Km de distância, resumindo, tenho de levar feito e tentar acabar lá levando todos os acessórios e ingredientes que faltam.

Desta vez aprendi, sim vamos aprendendo todos os dias mais uma coisinha, que podia fazer o bolo (tipo pão de ló) em casa e levar embrulhado em película aderente e conservar no frio, pois foi exactamente isso que fiz.

E nem vos digo nem vos conto até levei os ingredientes para fazer a cobertura e o recheio mas isto de levar tudo contado!!!! faltaram natas e lá tive de improvisar um pouco, além de que me esqueci de levar batedeira, foi uma eternidade até conseguir que ficasse minimamente em chantily....ufa mas consegui, e a falta que o saco de pasteleiro me fez? Nem imaginam enfim aqui na terra estou sempre a improvisar.

Bem vamos a receita?

Fiz duas vezes a massa porque queria um bolo alto, mas saiu furado, porque não tinha recheio (sim esqueci de dobrar o recheio também) suficiente para colocar no meio, eu cortei cada um dos bolos em 3 partes porque tenho um cortador e ficou perfeito.

Ingredientes:

Para o pão de Ló

6 Ovos
250 Grs açúcar
250 Grs Farinha
100 ml Leite
100 ml Óleo
Extracto de baunilha

Para cobertura e recheio

2 embalagem de mascarpone
1 embalagem de natas
Doce de ananás com pedaços

Para decoração:
Cerejas
1/2 tablete de chocolate derretida
fios de ovos

Modo de preparação:

Separar os ovos e bater as claras em castelo e reservar.
Numa taça colocar o açúcar e as gemas e mexer ir colocando a farinha, o leite, o óleo e o extracto de baunilha, continuar mexendo.
Misturar as claras em castelo com cuidado para não ficarem sem o ar que ganharam.
Untar uma forma e levar ao forno até estar cozido, fazer o teste do palito.
Desenformar depois de frio.
Cortar ao meio e embrulhar em película aderente, reservar no frio (no meu caso foram 3 dias.
No dia em que quer servir, fazer a cobertura batendo o mascarpone com as natas (no meu caso tive que acrescentar um pouco de leite porque achei que estava muito espesso) até ficar a consistência que achar bem para poder barrar.
Colocar um pouco no interior do bolo (como me esqueci do saco de pasteleiro tive que espalhar com uma faca) e colocar a outra parte em cima e assim por diante, deixando creme para poder cobrir o bolo todo.
Como disse me cima ficou uma cobertura um pouco rustica porque não tinha o meu saco de pasteleiro enfim, até ficou bonito.
Depois coloquei um pouco de fios de ovos que tinha feito e umas cerejas com umas folhinhas de hortelã e derreti um pouco de chocolate só para enfeitar as laterais e raspei um pouco de chocolate em cima.
Foi todo comido como sobremesa logo a seguir ao almoço e não sobrou nadinha.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito


quarta-feira, 5 de abril de 2017

Bolo de Nabiça - Experiência



Perdido por 100 perdido por 1000.

Deram-me muitas nabiça (coisa que cá em casa só come o bébé, e porque tenho de fazer sopa), não sabia o que fazer com tantas, então pensei... há bolo de espinafres, beterraba, tomate, grão, feijão, agrião, alface e tantas mas tantas maneiras, porque não de nabiça?

Eu não percebo muito de sabores dos legumes, como digo não gostamos e sei que fazemos mal, mas pronto isso é outra história, se conseguir camuflar nos bolos ainda vai.

Pensei, pensei e disse para os meu botões, só se perde 1 lata de leite condensado e ovos, pois lá fiz eu um bolo de nabiça.

Levei para o trabalho várias fatias para conseguir saber se estava bom ou não, em casa experimentámos mas os pequenos só gostaram da parte mais clara que é como pudim.

O que correu mal neste bolo foi que realmente as nabiça ainda tinham talos, e para bolo não fica bem, pois esses fios que se consegue ver na foto é isso mesmo.

Decisão geral

Quem gosta de nabiça - 
  • gostou do bolo no geral, não é bolo para se comer todos os dias mas fica bastante agradável;
  •  Estou habituada a ligar nabiça a salgado fica um pouco diferente mas agradável; 
  • Gosto muito da parte verde clara é mais doce e mais cremosa; 
  • gosto da parte verde escura não está tão doce é mais fácil ligar o sabor ás nabiça


Quem não gosta de nabiça: 
  • Não está mau mas não gosto de nabiça. 
  • Está horrível sabe a nabiça a parte verde clara até vai mas depois de saber não consigo;
  • Nem consigo imaginar do que é só de olhar já me estou a agoniar (alguém que nem provou)


Balanço geral não é um bolo para todos os dias mas para quem gosta não se importa de comer ehehe.

O nosso cérebro é mesmo tramado, cada vez consigo perceber mais que os olhos são mesmo os primeiros a comer, quem olha troce o nariz e.... já nem consegue experimentar, que é mais corajoso pronto ai ainda tentam pelo menos adivinhar de que é (sim o pessoal já está habituado que eu faça coisas "estranhas" por isso arriscam).

Bem aqui fica um testemunho e uma receita para quem tiver coragem de experimentar depois digam de vossa justiça, lembrem-se se quiserem experimentar tentem não colocar os talos pois ficam fios.


Ingredientes:
1 Lata de leite condensado
Raspa de limão
4 Ovos
Alguns espinafres (nem pesei, estavam congelados e ainda dei um entalão no lume)
Colocar tudo no liquidificador, ou bater com a varinha mágica, colocar numa forma que seja anti aderente (eu usei a forma canelada da metalúrgica e não untei, mas se quiserem podem untar)
Cozer em forno a 230º cerca de 40 minutos, assim que estiver a meio do tempo fazer o teste do palito e tapar se necessário com papel alumínio para não queimar.
Desenformar só quando estiver frio (só desenformei no dia seguinte)


Espero que se inspirem.

Bom proveito


terça-feira, 4 de abril de 2017

Quiche de restos

Mais uma receita de aproveitamentos, e com o que se tem em casa nada mais.

Sempre que sobra alguma coisa lembro-me de quiche, assim ficam sempre diferentes ehehe.

Desta vez não tinha a massa quebrada só tinha massa de pizza, pronto usei assim mesmo, ainda me lembrei de tentar fazer uma pizza, mas com arroz frango e Bacon, não ia safar (penso eu), decidi então colocar tudo na tarteira e fazer uma quiche.

Usei Arroz cozido simples, um pouco de arroz de tomate, frango assado e um pouco de frango guisado, acrescentei 2 pacotes de natas e 4 ovos, desta vez juntei tudo na tigela, mexi e depois coloquei na tarteira que já tinha a massa de pizza.

polvilhei com orégão e levei ao forno até ficar dourada.

Foi de comer tudo numa só refeição.

Espero que gostem e se inspirem.

Bom proveito.